Rifeira trans morre após ser esfaqueada em Salvador


Uma mulher trans, Wiliam Diogenes França Santos, morreu após ser esfaqueada no Largo do Tanque, bairro de São Caetano, em Salvador. O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (26/7), na frente de uma farmácia. 


De acordo com testemunhas, a vítima, que estaria trabalhando como rifeira, foi perseguida por poucos metros e atingida pelo menos duas vezes, no peito. O suspeito do crime foi um homem, que estava a bordo de uma motocicleta com um comparsa. Os dois fugiram do local depois da tentativa de homicídio.  


Policiais militares da 37ª Companhia Independente (CIPM/Liberdade) foram acionados e encaminharam a vítima para o Hospital Ernesto Simões, mas ela não resistiu. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.



Postagem Anterior Próxima Postagem