Hamilton nega desânimo com quinto lugar no Bahrein e se diz “orgulhoso” da Mercedes

Mercedes não teve o melhor dos desempenhos no treino classificatório para o GP do Bahrein, com Lewis Hamilton garantindo a quinta posição e, George Russell, somente a nona. No entanto, o heptacampeão mundial afirmou após o quali deste sábado (19) que a performance da equipe alemã foi “a melhor possível” – o britânico ficou atrás somente da dupla da Ferrari e da Red Bull no grid de largada – e, também, ressaltou a capacidade de superação das Flechas de Prata.

“Honestamente, estou realmente feliz com hoje, devido aos problemas que enfrentamos”, respondeu Hamilton. “Tive uma volta muito decente no fim, talvez dava para fazer um décimo a menos no tempo de volta, mas não iria fazer diferença na minha posição”, completou.

O multicampeão da Mercedes admitiu que a equipe alemã não briga, no momento, com a Ferrari e a Red Bull, já que as rivais “estão em outro patamar”. Além disso, o piloto classificou o W13 como “difícil de pilotar” no circuito de Sakhir e garantiu que sua batalha será “contra os carros atrás”, mas ainda assim evitou demonstrar insatisfação.

“Estou animado para amanhã. Sei que vai ser uma temporada muito longa. É fácil se desanimar quando você sabe que não vai competir por vitórias, mas estou orgulhoso do nosso time e do nosso espírito”, declarou Hamilton, vice-campeão mundial em 2021. 

“Sei que esta é a melhor equipe e vamos superar quaisquer problemas que tivermos juntos, para voltarmos a brigar com esses caras. Mas é bom que o esporte tenha a Ferrari de volta no topo, é demais”, finalizou.

O próprio chefe da Mercedes, Toto Wolff, já havia garantido que a Mercedes está a “cinco ou seis problemas” de distância dos rivais, “onde há a possibilidade de um grande ganho de performance”. O desempenho das Flechas de Prata no treino classificatório em Sakhir parece, portanto, corroborar a declaração do austríaco e, agora, do piloto britânico.

Hamilton, Russell e a Mercedes voltam às ações no circuito de Sakhir neste domingo. A largada do GP do Bahrein, primeira corrida da temporada de 2022 da Fórmula 1, está marcada para as 12h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Fonte: Grande Prémio

Postagem Anterior Próxima Postagem