Privatização da Eletrobras e dos Correios é para este ano, afirma Guedes

O trabalho de privatização da Eletrobras e Correios é para este ano, conforme afirma o Ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento no Ceará, na manhã desta sexta-feira, 18 de março.

As declarações do ministro ocorrem em fala durante o Seminário Economia Brasil, no hotel Gran Marquise, em Fortaleza. O Seminário é uma realização da Dinâmica Feiras e Eventos e tem como tema “A Economia Brasileira frente aos Desafios Mundiais”.

Além das duas privatizações empresariais, conforme o ministro, o Governo Federal planeja concluir a privatização dos terminais portuários de Santos, em São Paulo, e de Vitória até o fim de 2022.

Guedes defendeu, além das privatizações de estatais, um maior protagonismo do setor privado no desenvolvimento do Brasil. O ministro chegou a afirmar que no cenário atual, quem comanda o crescimento do País são os empresários. "Brasil não pode ser prisioneiro da capacidade de investimento das estatais", defendeu o ministro. 

O ministro revelou que o processo de privatização da Eletrobras será guiado pela iniciativa da transformação da estatal em uma grande corporação. O processo de privatização das empresas e recursos da União, conforme Guedes, está atrelado ao processo de reconstrução da capacidade de investimentos do setor público. 

Fonte: O Povo
Postagem Anterior Próxima Postagem