Cadúnico: É possível atualizar aplicativo sem sair de casa


Governo Federal afirma que é possível atualizar os dados do Cadúnico sem precisar sair de casa. Mas nem todo mundo pode fazer isso


É possível atualizar o Cadúnico sem sair de casa. A novidade em questão veio junto com o novo app do sistema que foi lançado há duas semanas pelo Governo Federal. Mas, de acordo com relatos de usuários, algumas pessoas não estão conseguindo realizar o procedimento. Por que isso acontece?

Em primeiro lugar, o Ministério da Cidadania afirma que nem todo mundo tem direito a atualizar os dados do sistema do Cadúnico pelo aplicativo. Apenas uma parcela dos indivíduos que estão na lista é que podem fazer isso. A pasta explica que o cidadão precisa ter todos os dados iguais, sem nenhuma mudança.

A única atualização que está disponível pelo aplicativo é aquela feita por confirmação. Então o usuário abrirá o sistema, verificará os seus dados e poderá realizar o processo apenas se todas as informações permanecerem iguais. São casos raros em que nenhum dado do sistema tenha mudado, ou seja, em que a família permanece exatamente a mesma.

Qualquer mudança que tenha acontecido na estrutura familiar já impede que o cidadão realize a atualização pela internet. Imagine, por exemplo, que em um intervalo de dois anos, uma família decidiu mudar as crianças de escola. Trata-se de uma informação que precisa ser alterada. Desse modo, a família em questão não poderá realizar a atualização online.

Para casos assim, será preciso recorrer ao antigo processo para atualizar o perfil. Sendo assim, o cidadão terá que comparecer presencialmente a um local indicado pela prefeitura para atualizar o sistema. Caso contrário, o indivíduo corre o risco de ficar de fora de programas sociais que está recebendo no momento.

“Procure o CRAS”

Alguns cidadãos afirmam que não tiveram nenhum tipo de mudança em suas informações básicas, e ainda assim não conseguem realizar a atualização de maneira online. Os indivíduos afirmam que o sistema pede para que eles procurem um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

O Ministério da Cidadania alega que o problema pode acontecer porque o próprio sistema detecta que o cidadão em questão já teria dados inconsistentes e que, por isso, ele precisa resolver a questão apenas de maneira presencial.

Há ainda a possibilidade de tudo se tratar de uma falha no sistema. De uma forma ou de outra, o ideal mesmo é comparecer presencialmente ao CRAS ou a qualquer lugar indicado pela Prefeitura para completar a atualização o quanto antes.

Por que é importante atualizar o Cadúnico?

Segundo o Governo Federal, o ato de atualizar o Cadúnico é importante para evitar que o cidadão perca possíveis programas sociais dos quais possa fazer parte. Além disso, ele também pode perder a chance de entrar em outros.

O poder executivo explica que a regra geral é atualizar o Cadúnico sempre ao menos uma vez a cada dois anos. Para quem faz parte do Auxílio Brasil, a dica geral é diminuir o período para uma vez por ano.

De toda forma, a principal norma é mesmo atualizar o sistema sempre que houver uma mudança estrutural na família. Assim, o cidadão evita problemas em suas contas em programas sociais nas três esferas de governo.

Fonte: Noticias Cursos

Postagem Anterior Próxima Postagem